Prefeitura capacita mais profissionais para o agronegócio

A Prefeitura de São Gabriel do Oeste, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, início o curso de Assistente de Planejamento e Controle de Produção – Integração Lavoura/Pecuária/Floresta (ILPF).

A qualificação ofertada através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) tem sido uma das maiores demandas verificadas no setor e é uma das capacitações oferecidas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego na modalidade rural, mais conhecido como Pronatec Agro.

A iniciativa do Ministério da Educação (MEC), é executada por técnicos do Senar e conta ainda com a parceria e estrutura física do município. O curso possui carga horária de 240 aulas e a turma em formação conta com a participação de 16 jovens que iniciaram o curso em dezembro de 2014.

De acordo com o instrutor do Senar/Pronatec, Luiz Celso Rangreb, o objetivo central do programa é trabalhar a assistência técnica rural e expandir a oportunidade de capacitação e mercado aos estudantes que estão concluindo cursos em escolas técnicas agropecuárias, técnicos formados ou, ainda, alunos do ensino médio.

Para o veterinário e diretor de Departamento de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente de São Gabriel do Oeste, Lucas Giacon, é uma oportunidade única para os que querem se profissionalizar na área e que estão em busca de mais conhecimentos. “Não tenho dúvidas de que é uma excelente chance de negócio para os profissionais do setor, visto que o sistema está em expansão em todo país.

Informações dão conta que atualmente no mercado existe uma defasagem de 10 mil técnicos de ILPF”, relatou Lucas Giacon.

Para o prefeito Adão Rolim que falou sobre a importância do curso em São Gabriel do Oeste, o objetivo de aplicar tecnologias de produção e manejo para realizar gestão técnica e econômica de propriedades rurais com ênfase em projetos de produção assistida, a capacitação vem suprir uma demanda por técnicas administrativas no setor do agronegócio que é uma vocação natural do município.

“A agricultura é um dos setores mais rentáveis que possuímos, mas ainda é um negócio difícil de ser organizado, pois possui trâmites burocráticos. Com a conquista da formação nessa área, pode-se mostrar resultados ainda melhores, pois une-se o trabalho prático, que é adquirido através da experiência e o trabalho teórico, que ainda é muito carente no mercado”, observa o prefeito Rolim.

 Pronatec Agro

O objetivo central do programa é trabalhar a assistência técnica rural e expandir a oportunidade de capacitação e mercado aos estudantes que estão concluindo cursos em escolas técnicas agropecuárias, técnicos formados ou ainda, alunos do ensino médio.

O Pronatec Agro atenderá uma importante necessidade no setor e reforça o aprendizado dos cursos técnicos, na demanda de formação de assistentes técnicos e formação rural para as propriedades, nas áreas de bovinocultura de corte e leite, integração lavoura-pecuária e floresta, fruticultura, horticultura e ainda na agricultura.

Além de Mato Grosso do Sul, outros 23 estados participarão do programa que foi iniciado em 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s